Detran abre segunda chamada para o CNH Social e anuncia nova etapa para setembro

Por Redação Imparcial
COMPARTILHAR:
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Coordenadora do programa explica que candidatos selecionados que não fizeram a matrícula on-line têm prazo até 2 de setembro para garantir o benefício

O Detran-GO está divulgando a segunda chamada para 902 candidatos que estão aptos a darem entrada no processo da CNH Social. As vagas são remanescentes da quarta etapa do programa, no qual foram classificados 3 mil candidatos. Essas pessoas têm até o dia 2 de setembro próximo para fazer a matrícula on line e garantir o benefício de poder tirar gratuitamente a Carteira Nacional de Habilitação.

Veja também
Caiado percorre mais de oito quilômetros do Caminho de Cora durante encerramento da Expedição Desafiando Limites, ao lado do ultramaratonista Márcio Villar

Em entrevista ao Jornal Brasil Central Edição da Noite desta segunda-feira, 23, a coordenadora o Programa CNH Social do Detran-GO, Ednalva Garcia, anunciou ainda que, no próximo mês, por ocasião das comemorações da Semana Nacional do Trânsito (18 a 25/09), será aberta nova etapa do Programa CNH Social.  Serão ofertadas 5 mil vagas.

Segunda chamada

Para aqueles cujos nomes estão incluídos na segunda chamada realizada pelo Detran-GO, a coordenadora explicou os próximos passos. Segundo ela, a pessoa vai fazer sua matrícula de forma on-line. Esta opção está disponível no site do Detran (www.detran.go.gov.br), aba “CNHSocial” e depois opção  “Matrícula on line”

Continua depois da publicidade 

Na matrícula on-line o candidato irá informar os mesmos dados pessoais da inscrição. O procedimento vai gerar um documento chamado “Passaporte”.  Munido dele, e da documentação pessoal, o candidato vai fazer o agendamento para ser atendido no Detran,  no Vapt Vupt ou em uma Ciretran. O restante é o mesmo processo de uma CNH, afirmou Ednalva Garcia.

Com a nova etapa que será aberta em setembro próximo, em 2021 o Programa CNH Social vai contemplar total de 11 mil pessoas. No ano passado foram beneficiadas outras 4 mil e, em 2019, foram abertas 2 mil vagas.

Mais notícias dessa região acesse Imparcial Goiás

Com informações da Agência Brasil Central