Governador Caiado diz que vacinação contra Covid-19 manterá calendário

COMPARTILHAR:
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Governo de Goiás terá estrutura montada no final de janeiro de 2021 para evitar filas e aglomerações durante imunização em unidades de saúde. “Vamos orientar as pessoas a se cadastrarem anteriormente para que possam ser vacinadas”, detalha governador, em Anápolis

O governador Ronaldo Caiado afirmou que o Programa Nacional de Imunização (PNI) manterá o calendário para o final de janeiro de 2021, inclusive com a vacinação contra a Covid-19. A declaração foi feita nesta quinta-feira (22/10), antes da inauguração da reforma e ampliação do Ipasgo Clínicas, em Anápolis.

Veja Também
BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro

“Primeiro é preciso que se esclareça: ninguém está adiando o calendário. A previsão para o final de janeiro está mantida”, disse o governador durante entrevista coletiva. “O que se espera é saber qual das vacinas que estão, hoje, com o pedido junto à Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] será a primeira a ter sua validação”, pontuou.

Continua depois da Publicidade

Caiado também destacou que Goiás já terá, no início de 2021, toda uma estratégia montada para que não haja tumulto nos postos de saúde. “Vamos orientar as pessoas a se cadastrarem anteriormente para que possam ser vacinadas”, detalhou. Ele acrescentou que o Ministério da Saúde (MS) já adquiriu 300 milhões de seringas. A compra prévia, continuou, visa evitar uma superfaturação no preço do produto.

Ainda sobre a imunização contra a Covid-19, o governador reforçou que “etapas não podem ser suprimidas” e que a definição da quantidade de doses para cada Estado, trabalho que cabe ao Ministério da Saúde, será de acordo com os critérios de grupos de risco.

Veja Também
Kassio Nunes Marques é aprovado na CCJ do Senado para vaga no STF

“No momento em que a vacina for convalidada pela Anvisa, seja ela qual for, o ministério vai adquirir e fazer o repasse”, disse, ao informar que nove laboratórios estão com pesquisas na fase terminativa, ou seja, aguardam a convalidação do órgão nacional de vigilância sanitária.

Mais notícias dessa região acesse Imparcial Goiás

Fotos: Wesley Costa
Com informações da Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás