Técnica de enfermagem é presa por furtar vacina em São Gonçalo

Por Redação Imparcial
COMPARTILHAR:
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

No depoimento, ela afirmou à polícia que guardou o resto das doses que sobraram do fundo de vários frascos de CoronaVac e estava levando para casa para vacinar o marido.

Uma técnica de enfermagem foi presa em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, saindo de um posto de saúde com restos de doses de vacina da Covid-19 guardados dentro de uma garrafa com gelo na bolsa.

Veja também 
Brasil terá 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer entre abril e junho, diz Queiroga

Agentes do programa São Gonçalo Presente desconfiaram do nervosismo da mulher quando foi questionada.

Em depoimento, ela afirmou à polícia que guardou o resto das doses que sobraram do fundo de vários frascos de CoronaVac e estava levando para casa para vacinar o marido.

Segundo a profissional, ela levou a vacina com a autorização da supervisora. A técnica afirmou que eram doses que tinham sobrado e que não tinham deixado de ser aplicadas em nenhum morador da cidade.

De acordo com a Prefeitura de São Gonçalo, a aplicação de vacina nesta situação não é segura e a pessoa que recebesse a dose não teria a imunização comprovada, já que o armazenamento e o transporte eram inadequados.

A mulher prestou depoimento e vai responder por peculato. A supervisora também foi convocada a prestar depoimento.

Mais notícias dessa categoria acesse Imparcial Brasil

Com informações do G1