Caixa fecha calendário de saques da 3ª parcela do Auxílio Emergencial

Por Redação Imparcial
COMPARTILHAR:
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Resgate em dinheiro é liberado para 2,2 milhões de trabalhadores nascidos em dezembro. Depósito do 4ª ciclo começou sábado

A Caixa Econômica Federal encerra nesta segunda-feira (19) o calendário de saques da terceira parcela do auxílio emergencial. Cerca de 2,22 milhões de trabalhadores informais nascidos em dezembro que se inscreveram pelos meios digitais ou integram o CadÚnico já podem resgatar a grana.

Veja Também
Relator da reforma propõe corte de 12,5 pontos no imposto de renda das empresas

Ao todo, foram creditados R$ 458,8 milhões para esse público em 30 de junho. Desde então, o valor pôde ser movimentado pelo Caixa Tem, aplicativo pelo qual os beneficiários conseguem pagar boletos, comprar pela internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais.

O valor médio pago neste ano pelo auxílio emergencial é de R$ 250, sendo que as mulheres chefes de família recebem R$ 375 e pessoas que vivem sozinhas, R$ 150.

Somando as três etapas de pagamentos, o investimento federal chegou a R$ 26,3 bilhões, incluindo todos os públicos, num total de 114,09 milhões de transferências.

Conforme o Ministério da Cidadania, na terceira etapa da operação, foram beneficiadas mais de 37 milhões de pessoas de forma direta, sendo 27,3 milhões de pessoas do Cadastro Único e aplicativo, além de 9,8 milhões de famílias do Programa Bolsa Família.

Também nesta segunda-feira os beneficiários do auxílio emergencial incluídos no Bolsa Família começam a receber o benefício de julho. Os repasses seguem conforme o calendário habitual do programa. Serão contemplados aqueles que têm NIS (Número de Identificação Social) com final 1.

4ª parcela

A quarta parcela do auxílio emergencial foi antecipada e começou a ser depositada no fim de semana. No sábado (17), receberam os aniversariantes de janeiro e, no domingo, os de fevereiro. Nesta terça, serão contemplados os nascidos em março.

Continua depois da publicidade 

O pagamento do ciclo 4 foi adiantado em sete dias, o último antes das três parcelas extras autorizadas pelo governo federal em meio à pandemia de covid-19.

Os saques em espécie, por sua vez, serão autorizados entre os dias 2 e 18 de agosto, de acordo com a publicação assinada pelo ministro João Roma presente no Diário Oficial da União desta quinta-feira (15).

Os valores vão persistir pelos ciclos 5, 6 e 7 do programa assistencial, quando o governo pretende alocar os beneficiários que ainda estejam em situação precária na nova versão do Bolsa Família, com prestações de até R$ 300.

Calendário atualizado do Ciclo 4

• Crédito em conta poupança

17 de julho (sábado) – nascidos em janeiro
18 de julho (domingo) – nascidos em fevereiro
20 de julho (terça-feira) – nascidos em março
21 de julho (quarta-feira) – nascidos em abril
22 de julho (quinta-feira) – nascidos em maio
23 de julho (sexta-feira) – nascidos em junho
24 de julho (sábado) – nascidos em julho
25 de julho (domingo) – nascidos em agosto
27 de julho (terça-feira) – nascidos em setembro
28 de junho (quarta-feira) – nascidos em outubro
29 de junho (quinta-feira) – nascidos em novembro
30 de julho (sexta-feira) – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

2 de agosto (segunda-feira) – nascidos em janeiro
3 de agosto (terça-feira) – nascidos em fevereiro
4 de agosto (quarta-feira) – nascidos em março
5 de agosto (quinta-feira) – nascidos em abril
9 de agosto (segunda-feira) – nascidos em maio
10 de agosto (terça-feira) – nascidos em junho
11 de agosto (quarta-feira) – nascidos em julho
12 de agosto (quinta-feira) – nascidos em agosto
13 de agosto (sexta-feira) – nascidos em setembro
16 de agosto (segunda-feira) – nascidos em outubro
17 de agosto (terça-feira) – nascidos em novembro
18 de agosto (quarta-feira) – nascidos em dezembro

Mais notícias dessa categoria acesse Imparcial Brasil

Com informações do R7