José Fernando Vilela – Dois anos sem Joaquim Roriz, o governador do povo

COMPARTILHAR:
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Tem muita gente que ao falar ou lembrar de Joaquim Domingos Roriz, o eterno governador do Distrito Federal, se emociona. Poucos são os que não gostavam do goiano de Luziânia que viu a capital federal nasce nos anos 50 e depois teve a oportunidade de administrá-la.

Depois de Juscelino Kubitschek, Roriz foi o político mais expressivo e popular que esteve à frente do comando do Distrito Federal. Brasília, anos depois de fundada, foi gerida pelos militares e Joaquim Roriz foi o primeiro governador eleito pelo voto do povo.

Sob o comando de Joaquim Roriz, o Distrito Federal passou a ter sua autonomia política. Roriz foi o responsável por realizar grandes obras como o metrô, construiu viadutos e a Ponte JK, além de ter criados muitas regiões administrativas como Santa Maria, Samambaia, Riacho Fundo, Recanto das Emas, Águas Claras, entre outras. Em muitas dessas RA’s, falar mal de Joaquim Roriz chega a ser uma ofensa.

As administrações de Joaquim Roriz ficaram marcadas pela implementação de políticas públicas mais voltadas para o desenvolvimento social. Muitas ações e programas executados durante seus quatro mandatos, ajudaram muitas famílias a sair da situação em que se encontravam e ter outra perspectiva de vida.

Para muitos, Roriz foi o melhor governador que a capital federal já teve. Joaquim Roriz sabia lidar com as perseguições e com o jogo político. O modo de governar com um olhar diferenciado para os mais humildes faz com que Joaquim Roriz seja lembrado e reverenciado por muitos anos. É uma pena que não tenha conseguido deixar herdeiros políticos à altura de seu nome e de seu legado.

Brasília ainda vai chorar por muito tempo essa falta e esse vazio que ficou no cenário político local. Líder como Joaquim Roriz não se faz por meio de media training. Precisa saber conquistar o povo, atender seus anseios e dar-lhe a chance de ter novas oportunidades. Desde JK, o único político que o Distrito Federal teve do mesmo calibre se chama Joaquim Roriz, o governador do povo.

Veja abaixo um vídeo que circulou em grupos de aplicativos feito por simpatizantes do governador Roriz para lembrar os dois anos de seu falecimento.

José Fernando Vilela
expressaobrasiliense.com

Nota:

O conteúdo publicado nessa coluna é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a posição do Portal Imparcial.